quinta-feira, 27 de maio de 2010

Bentôs artísticos

Pra quem não conhece o bentô, é uma variação japonesa da nossa popular "marmita", presente fortemente na cultura japonesa. Elas são também o equivalente ao nosso "PF"(prato feito), podendo ser adquiridas em lojas de conveniência. Apesar desta disponibilidade a habilidade de preparar um bom bentô, bem apresentado e balanceado (gohan, legumes e carne), ainda é considerada como fundamental para qualquer dona-de-casa japonesa que se preze.

Entretanto, dentro do mercado do bentô há ainda espaço para verdadeiros artistas capazes de rebuscar o prato tal qual um bolo de casamento. Alguns desses trabalhos são realmente incríveis, passando por motivos diversos, de personagens de vídeo-game e desenho animado a gravuras e quadros famosos!

Separamos alguns aqui que achamos realmente espetaculares! Todas as 37 fotos podem ser vistas em nosso Picasa.










terça-feira, 11 de maio de 2010

Los Ruas - Opção entre os "points" da Vila Madalena

Conhecíamos o Los Ruas do tempo em que moramos na "Vila Madá" e achávamos o nome deveras estranho para um restaurante japonês, fosse ainda um mexicano vai lá... Um dia, porém, resolvemos nos aventurar a experimentar de seu festival e cá estamos para contar a experiência.

O Los Ruas não possui apenas um nome contrastante. Sua decoração denota que nem sempre o empreendimento foi um restaurante oriental. Isso entretanto não é um demérito, já que a casa é bem organizada e os ambientes são aconchegantes, incluindo uma espécie de terrário com chão de pedras logo na entrada.

Devidamente alojados solicitamos o cardápio e como de prache optamos pelo rodízio (aqui chamado de festival). "-E para beber, o que desejam?"; ficamos felizes em encontrar nosso amigo chá verde gelado entre as opções.

Inicia-se com um ponto positivo a entrega das oshibori (toalhas quentes) para se limpar as mãos antes da refeição. Por ser algo simples de implantar e dar uma primeira boa impressão é difícil entender por que alguns restaurantes não as têm. Como primeira entrada recebemos também uma porção de sunomono, uma entrada de pepino ligeiramente adocicado e cenoura.

Chegam os pratos quentes padrão: Guioza frita, bem temperada e forte no gengibre e coberta com cebolinha (gostamos) e harumaki (rolinho primavera) de legumes bastante sequinho e gostoso. A única crítica é a disposição dos molhos em frascos (industrial) ao invés de potes para mergulhar os aperitivos.

O tempurá chega bastante crocante, sequinho e montado interessantemente em forma de cabana ou trançado (já recebemos as duas variantes). Na sequência vem o misoshiru (sopa de misô) bem preparado e com tofu mas sem alguns componentes que já encontramos em outros restaurantes como vôngole ou aguê.

O destaque mesmo vai para o chickenkatsu (espécie de frando à milanesa japonês) super bem temperado e sequinho. Caso não goste de frango opte pela anchova grelhada que também é boa. Para finalizar esta etapa experimentamos o shimeji, também bastante saboroso e servido com cebolinha. Gostamos tanto deste que repetimos a dose ao fim do jantar.

Chega então a tábua com os sushis. Advertimos que os mais puristas poderão se sentir ofendidos já que o Los Ruas oferece por padrão uma variedade significativa de sushis, o que inclui ingredientes como frutas, cream cheese, crispies e goiabada. Para estes fica a dica de especificar a tábua logo no início.

Bom sashimi, o salmão assim como o atum são frescos e cortados em fatias generosas (não muito finas nem tão grossas). A qualidade do sushi é no geral também boa.

Os uramakis de salmão com laranja e cream cheese e nigiris de skin com fatias super finas de limão podem ofender os velhos mestres, mas achamos muito bons.

Outro ponto que vale destaque é que o festival inclui sushi de polvo e ovas além de sashimi de polvo à vontade, itens usualmente somente encontrados em rodízios de preços superiores. Os temakis seguem a qualidade dos sushis, com bom gohan e peixe fresco em quantidade.

Uma pena, e aqui fica uma crítica, que descontinuaram o temaki de polvo no rodízio, o que não entendemos já que você pode comer polvo à vontade em outros formatos. Outro item interessante e removido foi o sushi flambado de salmão. Em nosso álbum temos fotos dele, embora o mesmo nos tenha sido negado nas duas últimas visitas. Gostaríamos de ouvir da direção do restaurante se há algum motivo sólido para o cancelamento da oferta já que o preço do festival foi reajustado para cima após a retirada.

O rodízio inclui ainda sobremesa, sendo a que mais gostamos foi o exótico sorvete de paçoquinha. Infelizmente os demais clientes parecem compartilhar nossa apreciação já que o item estava em falta em nossa última visita.

A qualidade do atendimento flutua bastante. Já fomos atendidos incrivelmente bem, assim como já pegamos um garçon com mais tempo de casa e sem muita paciência num Sábado à noite. Se puder, opte pela Deise a garçonete mais atenciosa do local.

Nosso veredicto: O Sushi Los Ruas é atualmente nossa escolha alternativa quando optamos pelo fator preço vs. variedade. Não é a escolha mais em conta (R$ 35,90 pelo festival no jantar) mas oferece bom benefício pelo custo ainda que na Vila Madalena o preço do valet seja obrigatório já que não há lugar para estacionar. A possibilidade de ter itens como polvo, ovas e sobremesa inclusa e o horário de fechamento usualmente entre meia-noite e uma da manhã o tornam uma alternativa interessante pra uma escapada japa ao fim da sexta-feira (dá até pra emendar um barzinho ou balada no eixo aos mais aventureiros).

*********

Sushi Los Ruas
Rua Mourato Coelho, 885 - Vila Madalena, São Paulo - SP
Fone: (11) 3813-3651